Azeloglicina

Descrição

Azeloglicina é o ácido azeláico solúvel. O Ácido Azeláico é um dos ativos mais conhecidos no mundo pela sua eficácia no combate à acne suave e moderada, além de outras desordens epidérmicas. É o único produto capaz de reduzir eficientemente os níveis de ácidos graxos livres no sebo, ao mesmo tempo em que reduz o número de Propionibacterium e micrococci intrafoliculares, sem interferir na produção sebácea normal. O Ácido Azeláico tem potencial terapêutico na rosácea e nas desordens hiperpigmentantes. Do ponto de vista químico, Azeloglicina guarda todas as características do Ácido Azeláico insolúvel, somando a ele aspectos de um surfactante. Azeloglicina pode ser considerada um emulsionante hidrofílico; uma importante característica quando se fala da aplicação do Ácido Azeláico em produtos cosméticos. Azeloglicina interfere na patogenesia da acne por sua propriedade anti-queratinizante, antibacteriana e antiinflamatória. Acredita-se que a sua ação ocorra pela redução da síntese protéica nas células. Sabe-se que o efeito redutor da Azeloglicina sobre os ácidos graxos se deve à inibição competitiva da 5-alfa-redutase, bloqueando a conversão da testosterona a diidrotestosterona (DHT). A sua maior ação normalizadora de lipídeos é detectada na região da testa e do queixo. Ácido Azeláico é um agente anti-queratinizante devido ao seu efeito citostático antiproliferativo sobre os queratinócitos.

Em baixas concentrações, Azeloglicina apresenta propriedades bacteriostáticas contra uma extensa variedade de aeróbios (S. aureus, S. epidermidis, E. coli, P aeruginosa dentre outros). Em altas concentrações, age como bactericida contra S. epidermidis e S. aureus. Um creme contendo Ácido Azeláico trata com sucesso acne suave a moderada.

Concentração de uso: 1 a 6%