Homeopatia

O que é homeopatia?
Homeopatia (do grego homoios, semelhante + pathos, doença) é um termo criado pelo médico e químico alemão Christian Friedrich Samuel Hahnemann (1755-1843) que designa um método terapêutico cujo princípio está baseado na similia similibus curantur, cujo significado, os semelhantes curam-se pelos semelhantes. Seu sistema de atuação dá-se quando uma substância que em seu estado natural provoca sintomas ao organismo vivo, uma vez administrada em dose homeopática, torna-se combatente dos mesmos sintomas.

Homeopatia é fitorerapia ou naturopatia?
Comumente a homeopatia é confundida com a fitoterapia, florais, naturopatia ou com compostos hibrídos (naturais e químicos) usados em suas formulações. Todos esses métodos terapêuticos são totalmente diferentes da homeopatia, e esclareceremos suas principais características distintas em tópicos abaixo.

Tratamento homeopático
O tratamento homeopático consiste em fornecer a um paciente sintomático doses extremamente pequenas dos agentes que produzem os mesmos sintomas em pessoas saudáveis, quando estas são expostas a quantidades maiores. A droga homeopática é preparada em um processo chamado dinamização, consistindo na diluição e sucussão da substância em uma série de passos criteriosos.

Farmácias e laboratórios
As farmácias e laboratórios homeopáticos da atualidade são equipados com mecânica altamente sofisticada, garantindo qualidade aos produtos manipulados em seu ambiente, aliados ao crescente número de profissionais farmacêuticos presente nos estabelecimentos comerciais e industriais.

Diluições homeopáticas
Os altos níveis de diluição homeopática, variando de acordo com o medicamento, confundem-se com o conceito de matéria inerte (substância que não reage). Na prática de médicos e estudiosos que construíram a história e os fundamentos da homeopatia, em vários países, tal fato foi observado ao contrário.

Matéria médica homeopática
A matéria médica homeopática foi elaborada desde seu precusor, Samuel Hahnemann, até os dias de hoje, por médicos homeopatas e estudiosos espalhados por todo o mundo. É utilizada como um conjunto de sintomas e sinais relatados pelos experimentadores durante o teste de um possível medicamento homeopático. Existem 3 tipos: (1) Matéria médica semipura, onde os sintomas são colhidos em pessoas doentes e sãs. (2) Matéria médica clínica, sintomas colhidos na prática clínica. (3) Matéria médica explicativa, teses de estudiosos sobre o assunto, relatando efeito fisiológico das substâncias.

Tabela matemática de algumas diluições (processos) homeopáticas:
TM = 1
1CH = 1/100 = 10-² (10 elevado a potência -2)
2CH = 1ch/100 (10 elevado a potência -4)
3CH = 2ch/100 (10 elevado a potência -6)
4CH = 3ch/100 (10 elevado a potência -8)
5CH = 4ch/100 (10 elevado a potência -10)
6CH = 5ch/100 (10 elevado a potência -12)
30CH = 29ch/100 (10 elevado a potência -60)
200CH = 199ch/100 (10 elevado a potência -400)

TM = Substância pura, sem nenhum processo homeopático.
CH = Substância que passou pelo processo homeopático centesimal.
1,2,3,…n = Passos ou número de processos homeopáticos de uma substância.

Sinais comumnente encontrados em matérias médicas homeopáticas:
> significa melhora;
< significa agravação;
MC significa medicamento complementar;
DD significa diagnóstico diferencial.

Como utilizar uma homeopatia?
Consulte o homeopata que a prescreveu. Este profissional é o melhor instrumento entre você e sua homeopatia, afinal, ele é o responsável pelo seu tratamento. Toda e qualquer informação e orientação, quando obtidas diretamente da fonte, podem possuir um maior grau de confiabilidade.

Por que consultar um homeopata?
Muitas doenças tornam-se de difícil resolução devido ao tempo perdido em tratamentos ou em automedicação que “empurram com a “barriga” sua doença.

As informações neste site são suficientes?
De forma alguma. As informações aqui disponibilizadas são meros resumos extraídos de várias obras, para atender a necessidade pública de acesso às informações sobre os medicamentos homeopaticos.

Posso enviar um e-mail pedindo uma homeopatia para tratar a minha doença?
A prescrição de um medicamento é uma atividade médica, assim como de suas sub-áreas, como a odontologia e a veterinária. O farmacêutico orienta dentro de suas atribuições e trabalha para que o medicamento seja manipulado com a mais rigorosa metodologia em vigor.

Quem adiciona o conteúdo deste site?
O conteúdo do site é um trabalho realizado pelos nossos profissionais em conjunto com a equipe de desenvolvimento web, gerando uma constante pesquisa de conteúdo e informações que serão frequentemente disponibilidadas sobre homeopatia, naturopatia, fitoterapia, florais, cométicos e manipulações farmacêuticas em geral.

O site está pronto?
De maneira alguma. O site sofrerá constantes modificações tanto de “layout” como de conteúdo, evoluindo para um melhor aproveitamento de todos os nossos queridos clientes, que com muito carinho e respeito mútuo contribuiram para a nossa existência e crescente influência no mercado farmacêutico.

Doze boas obras de homeopatia e seus respectivos autores:
- Homeopatia. Medicina de Base Experimental – Denis Demarque.
- Estudos de Matéria Médica Homeopática – J. A. Lathoud.
- Guia da Medicina Homeopatica – Nilo Cairo.
- Lições de Filosofia Homeopática – James Tyler Kent.
- Tratado de Matéria Médica Homeopática – Bernardo Vijnovsky.
- Homeopatia: Ciência e Cura – George Vithoulkas.
- Matéria Médica Homeopática – James Tyler Kent.
- Matéria Médica de Homeopatia – Léon Vannier / Jean Poirier.
- Matéria Médica Pura – Samuel Hahnemann.
- Matéria Médica Homeopática – W. Boericke.
- Manual de Matéria Médica para o Clínico Homeopata – H. Voisin.
- Matéria médica homeopática IBEHE – Carlos Brunini.